WhatsApp Image 2020-10-06 at 13.52_edited.jpg

Você pode ser parte da mudança

UMA EQUIPE FORMADA POR AMOR

DSC_3980.jpg

VAGAS ABERTAS: Voluntariado em janeiro e fevereiro - CETAS/SC

Pré-requisitos e como se candidatar: 

CETAS / SC:

1. Ter todas as doses da vacinas antitetânica, de febre amarela, antirrábica e covid. Caso o voluntário não tenha a vacina antirrábica, terá restrição de atividades dentro do CETAS; 
2. Ler e concordar com o nosso termo de voluntário, encontrado aqui

3. Ser maior de 18 anos
4. Enviar os documentos abaixo em um mesmo 
e-mail para voluntarios@espacosilvestre.org.br, escrito MANEJO CETAS-SC no assunto do e-mail ate o dia 10/12/2022. ATENÇÃO: Na ausência de algum item o e-mail será automaticamente desconsiderado.   
- Comprovante das vacinas; 
- Termo de voluntário assinado;
- Carta de interesse com mês, dias e horários disponíveis 
5. Caso seja selecionado, confirmar a participação até 2 dias após o resultado; 
6. Não faltar ou cancelar sem justificativa mais do que 2 vezes. Voluntários serão desligados do programa em casos de falta de comprometimento. Os animais dependem de você! 
7. Estar disponível para participar do treinamento no dia 02/01/2023 para inscritos em janeiro e 30/01/2023 para inscritos em fevereiro.
- Ler atentamente a descrição das atividades abaixo.

 SE VOCÊ JÁ FOI VOLUNTÁRIO DO ESPAÇO SILVESTRE, ACESSE O CERTIFICADO

  AQUI APÓS A CONCLUSÃO DO TRABALHO

VOLUNTARIADO CETAS-SC

Voluntariar no Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS-SC) é uma oportunidade única para conhecer e ajudar nas diversas funções envolvidas na reabilitação de animais silvestres terrestres. O CETAS-SC é localizado no município de Florianópolis (SC) dentro do Parque Estadual do Rio Vermelho, próximo à Praia do Moçambique. Nesse local recebemos animais apreendidos, resgatados e entregues voluntariamente por cidadãos. São centenas de espécies que passam pelos cuidados da nossa equipe, com o objetivo que realizar solturas desses animais sempre que possível ou encontrar o melhor destino para os que não podem voltar à natureza.
 
Por se tratar o único CETAS-SC no estado, sempre existem muitas demandas necessitando de voluntários dedicados na causa dos animais silvestres. As atividades principais incluem preparação de alimentos, enriquecimentos ambientais, limpeza de equipamentos e ambientes, organização do local e das entregas de alimentos. Note que, por questões de segurança, não há interação direta com os animais.
 
Para facilitar a organização e logística da equipe, os voluntários devem atuar por um período mínimo de um mês em seus turnos de preferências ( 7hs-13hs ou 13hs-18hs), pelo menos 2 vezes por semana incluindo finais de semana e feriados. O certificado só será emitido para quem completar o período estipulado de no mínimo 1 mês e a carga horária mínima de 50 horas. Todas as despesas de transporte, estadia, alimentação e vestimenta necessárias são de responsabilidade do voluntário. Para se candidatar, leia atentamente os pré-requisitos listados no top da página e envie toda a documentação para o e mail indicado.  Recomendamos hospedagens nos bairros do Rio Vermelho ou Barra da Lagoa, devido à proximidade do local aonde as atividades são realizadas.

Por se tratar de uma área especial e monitorada, é obrigatório à identificação dentro do CETAS da camiseta do Instituto Espaço Silvestre. Ela está disponível para compra no momento da chegada no CETAS-SC, custando R$35,00 e pertencendo ao voluntário desde de sua aquisição.

WhatsApp Image 2020-10-15 at 13.25.19.jp
WhatsApp Image 2020-10-16 at 15.58.39.jp
WhatsApp Image 2020-09-28 at 13.12.26.jp
WhatsApp Image 2020-10-06 at 18.48.09.jp

VOLUNTARIADO SILVESTRES SC

O Silvestres SC é um programa que realiza solturas e reintroduções responsáveis, além de monitoramento, em todo o estado de Santa Catarina. Visa garantir a manutenção das espécies e interações ecológicas importantes para a saúde das florestas. O programa tem como seu projeto principal a reintrodução do papagaio-de-peito-roxo, que desde 2010 ocorre dentro do Parque Nacional das Araucárias, entre os municípios de Ponte Serrada e Passos Maia. Além de ser uma das poucas regiões preservadas de Florestas de Araucárias em todo o Brasil, a região é repleta de animais e paisagens exuberantes, se tornando um destinado sempre repleto de surpresas naturais.

As nossas pesquisas em campo sempre demandam muita ajuda e trabalho duro. Por isso, esperamos voluntários que gostem de trabalhar dentro de florestas e não tenham problemas em colocar à mão na massa. Entre as principais atividades, estão as solturas responsáveis na Grande Florianópolis e em todo estado, além do monitoramento de papagaios-de-peito-roxo, pontos de observação e mapeamento da região, conversando com a população local e cientistas cidadãos em busca de novas informações sobre os animais.

As atividades de soltura ocorrem em dias esporádicos e podem durar de meio dia a um dia inteiro, sempre saindo do Parque Estadual do Rio Vermelho, onde se localiza o CETAS-SC. Por isso, é necessário que a pessoa resida na região da Grande Florianópolis. Alimentação e itens de uso pessoal em campo são de total responsabilidade da voluntária ou voluntário. 

 

 

DSC_3980.jpg
angelica campo radio monitoramento_edite
DSC_4335.jpg
DSC_4123.jpg

VOLUNTARIADO  AVES DE NORONHA

Fernando de Noronha abriga a maior riqueza de aves marinhas do Brasil. Mas, por incrível que pareça, quase ninguém estava olhando para elas. Essa falta de conhecimento e interesse motivou a criação do Projeto Aves de Noronha, que tem como principal objetivo redirecionar o olhar de moradores e turistas para a rica avifauna da ilha, através de Pesquisa, Educação, Ciência Cidadã e Turismo Sustentável, melhorando o estado de conservação e fortalecendo a economia local. 

 

​Em 2018, o projeto alçou seu primeiro voo. Através de um financiamento da SOS Mata Atlântica, foi possível desenvolver atividades de grande relevância para a conservação das aves do arquipélago, como elaboração de miniguia, cursos para condutores de turistas, palestras, atividades lúdicas com crianças e caminhadas ecológicas para observação de aves.

 

Hoje buscamos expandir nossos horizontes, apaixonando cada vez mais pessoas pelas aves da ilha, através das mídias sociais. Com isso, nosso voluntariado é remoto e tem como principais atividades a divulgação científica sobre as aves de Noronha, a gestão das redes sociais do projeto e a elaboração de material didático para diversos públicos, adulto e infantil. Esperamos voluntários que estejam cheios de ideias incríveis para fazer mais pessoas se encantarem por esses animais, mesmo que pelas telas!

IMG_8155.JPG
Atoba mascarado e filhote.JPG
20180722_umdianoparque_patricialindoso_0
IMG_9381.JPG
Pássaro voando
FAÇA PARTE DA NOSSA CAUSA