Ecologia, conservação e densidade populacional do boto-da-tainha (Tursiops truncantus) na região de Laguna, SC.

 

Data/Período: início agosto de 2007 a julho de 2009 

 

Principais Resultados: Este projeto incide sobre a Área de Proteção Ambiental da Baleia Franca, IBAMA-SC. Seu objetivo central é fornecer  subsídios técnicos para a implementação de medidas de conservação desta espécie, através da caracterização da ecologia, densidade populacional, relação com a pesca artesanal, avaliação do conhecimento etnológico dos pescadores artesanais da região, mapeamento das áreas de pesca e identificação de conflitos de uso da pesca artesanal com a população de Tursiops truncatus ocorrente na unidade de conservação.

 

Parcerias: Fundação O Boticário de Proteção à Natureza, Universidade Federal de Santa Catarina e IBAMA.

Monitoramento do golfinho  Sotalia fluviatis  na baía Norte.

 

Data/Período: início fevereiro de 2006 a fevereiro de 2007

 

 Principais Resultados: Este projeto incide sobre áreas da REBIO Arvoredo, APA do Anhatomirim e em área do entorno destas unidades e da ESEC Carijós. Seu objetivo central é fornecer subsídios técnicos para a implementação de medidas de conservação desta espécie, através da caracterização da pesca artesanal, avaliação do conhecimento etnoelógico dos pescadores artesanais da região, mapeamento das áreas de pesca e identificação de conflitos de uso da pesca artesanal com a população de Sotalia fluviatilis ocorrente e as unidades de conservação relacionadas.

 

Parcerias: Fundação O Boticário de Proteção à Natureza, Universidade Federal de Santa Catarina e IBAMA. 

Programa de Educação Ambiental da Bacia Hidrográfica do rio Ratones.

 

Data/Período: maio de 2006 a abril de 2009

 

Principais Resultados: Continuidade de todas as atividades de Educação Ambiental e Mobilização Comunitária da bacia hidrográfica do Rio Ratones com a ampliação do número de escolas, alunos, professores e comunitários envolvidos. Destacam-se: atendimento ao público na sede da unidade, que já recebeu cerca de 4.500 estudantes do Ensino Infantil, Fundamental, Médio e Superior de instituições públicas e privadas; Projeto “Olho Mágico” que desenvolve atividades de percepção ambiental durante o ano letivo com 6 turmas de 3ª e 4ª séries; Programa de Mobilização Comunitária, que é desenvolvido desde 2001, tendo desde 2005, a participação direta no Fórum Permanente das Associações Comunitárias da Bacia do Rio Ratones, colaborando para a realização de importantes seminários que abordam a problemática ambiental como planejamento urbano e saneamento básico.

 

Parcerias: IBAMA, Fórum Permanente das Associações Comunitárias da Bacia do Rio Ratones, Secretaria Municipal de Educação (E.B.M. Mâncio Costa, Escola Desdobrada Marcolino José de Lima, Escola Básica Municipal de Jurerê e Escola Básica Municipal da Praia do Forte), Fundação Franklin Cascaes e Ministério Público Federal.

Projeto de Educação Ambiental para a Bacia Hidrográfica do Saco Grande.

 

Data/Período: outubro de 2004 a janeiro de 2008 

 

Principais Resultados: Curso de Capacitação em Educação Ambiental para professores e alunos da rede pública de ensino, das comunidades de João Paulo, Monte Verde e Saco Grande, desenvolvido desde 2005, e concluído em dezembro de 2006. Tem sua continuidade em 2007, através do desenvolvimento dos projetos elaborados durante os encontros de capacitação; Grupo Criaventura, está sendo desenvolvido desde 2005 com um grupo de 30 crianças e adolescentes da região do bairro Saco Grande, onde são realizadas atividades de arte-educação, através de oficinas de maracatu, artesanato e dança, além de palestras, vídeos e saídas de campo sobre temas relacionados à educação e cidadania infanto-juvenil; Mobilização comunitária e apoio à criação e coordenação do Fórum Social do Saco Grande, o qual integra a maioria das associações comunitárias e afins da região, através de reuniões semanais, encaminhamento de ações visando a melhoria da qualidade de vida da população e a participação na elaboração do Plano Diretor Participativo de Florianópolis.

 

Parcerias: Fórum Social do Saco Grande  e Subnúcleo da Bacia Hidrográfica do Saco Grande (Plano Diretor Participativo), Conselho de Moradores do Saco Grande (COMOSG), Associação Cultural Arrasta Ilha, Secretaria Municipal de Educação, Gerência de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado (GEECT), Ministério Público Federal e IBAMA.

Implementação do Plano de Manejo da Estação Ecológica de Carijós

 

Data/Período: março de 2006 a fevereiro de 2009 

 

Principais Resultados: Este projeto possuía seis objetivos específicos, 14 metas e 54 atividades  que abarcam todas as atividades do Instituto Carijós na ESEC Carijós, tratando também de atividades de aproximação da gestão com a REBIO do Arvoredo, APA do Anhatomirim e RESEX do Pirajubaé.

 

Parceria: Programa Piloto para Proteção das Florestas Tropicais do Brasil, Subprograma 

 

PROJETOS DEMONSTRATIVOS – PDA (Componentes Ações de Conservação da Mata Atlântica, do Ministério do Meio Ambiente);  Banco Alemão  -  KFW;  GTZ, Fórum  Permanente das Associações Comunitárias da Bacia do Rio Ratones e Associação de Pescadores do rio Ratones.

 Elaboração e Proposta de definição da Zona de Amortecimento da ESEC Carijós.

 

Data/Período: setembro a dezembro de 2005 

 

Principais Resultados: Mapeamento do uso do solo e vegetação e da legislação ambiental incidente nas microbacias hidrográficas do entorno da ESEC Carijós (Saco Grande, Ratones, Santo Antônio de Lisboa, Cacupé, Sambaqui, Ponta Grossa, Jurerê e  parte de Ingleses,  Lagoa da Conceição e Itacorubi); Proposta de Zoneamento Ambiental  da área de estudo; proposta de portaria de criação e de um Manual de Gestão da Zona de amortecimento. 

 

Parcerias: ESEC Carijós e DIREC – IBAMA, Grupo Habitasul e Conselho Consultivo da ESEC Carijós. 

Laboratório de Análise de Água da Estação Ecológica de Carijós.

 

Data/Período: julho de 2005 a dezembro de 2006

 

Resultados: Implementação e coordenação das atividades de monitoramento da qualidade das águas das Bacias Hidrográficas do rio Ratones e do Saco Grande, de forma  a subsidiar  o aumento do conhecimento dos  processos ambientais ocorrentes nesta unidade de conservação, contribuindo ainda com a tomada de decisão pelo IBAMA, frente as questões ambientais de sua jurisdição.

 

Parcerias: Universidade Federal de Santa Catarina, CNPQ, Ministério Público Federal e IBAMA.

Programa de Educação Ambiental da ESEC Carijós.

 

Data/Período: março de 2004 a maio de 2005 

 

Principais Resultados: Execução do Projeto de Percepção Ambiental na Escola Básica Municipal Dr. Paulo Fontes no Bairro Santo Antônio de Lisboa e na Escola Luiz Cândido da Luz, no bairro Vargem do Bom Jesus; atendimento de mais 1000 alunos do Ensino Fundamental, Médio e Superior, tanto de instituições públicas quanto privadas ministrando palestras e realizando saídas de campo na ESEC Carijós; participação de inúmeras reuniões de planejamento da  Associação de Moradores de Ratones  e deu continuidade ao Programa Amigos-mirins de Carijós, realizando inúmeras atividades de educação e saídas de campo.

 

Parcerias: Associação Beneficente dos Moradores de Ratones – AMORA, Grupo Habitasul e IBAMA.

Programa de Educação Ambiental da ESEC Carijós.

 

Data/Período: março de 2004 a maio de 2005

 

Principais Resultados: Execução  do Projeto de Percepção Ambiental na Escola  Básica  Municipal Mâncio Costa e Escola Desdobrada Marcolino José de Lima, nos bairros  Ratones e Barra de Sambaqui; atendimento ao público ministrando palestras e realizando saídas de campo na ESEC Carijós; mobilização comunitária.

 

Parcerias: IBAMA, Associação Beneficente dos Moradores de Ratones, Fórum das Associações de Moradores da bacia hidrográfica do rio Ratones, Associação de Pescadores do rio Ratones  e Conselho Comunitário da Barra de Sambaqui Escola Básica Municipal Mâncio Costa, Escola Desdobrada Marcolino José de Lima e Grupo Habitasul.

Programa de Educação Ambiental da ESEC Carijós.

 

Data/Período: janeiro a dezembro de 2002

 

Principais Resultados: Programa Amigos-mirins de Carijós com mais de sessenta alunos de uma escola pública do entorno da Unidade; Desenvolvimento do Projeto Percepção Ambiental com duas turmas de 3ª série de uma escola pública do entorno da ESEC  Carijós; produziu-se o primeiro número do jornal Ô Vizinho, destinado às comunidades do entorno e o lançamento da home-page da Unidade.

 

Parcerias: IBAMA e Ministério do Meio Ambiente/ Diretoria de Áreas Protegidas.

Apoio à criação e implantação do Conselho Consultivo da ESEC Carijós.

 

Data/Período: 2° semestre de 2002

 

Principais Resultados: Conselho criado em funcionamento, formado por 23 instituições relacionadas.

 

Parcerias: IBAMA.

Plano de Desenvolvimento Sustentável do Entorno da Estação Ecológica de Carijós. 

 

Data/Período: janeiro a julho de 2002

 

Principais Resultados: Execução de oito diagnósticos específicos, sendo: Vegetação; Uso do solo e seus principais impactos; Fauna; Caracterização Sócio Econômica; Aqüicultura no Entorno da ESEC Carijós; Artesanato no Entorno da ESEC Carijós; Patrimônio Históricocultural e Arquitetônico como atrativos  turísticos;  Patrimônio Natural com atrativos turísticos e Situação Fundiária. Estes diagnósticos subsidiaram a elaboração participativa de sete  projetos temáticos, sendo:  Certificação de atividades Ambientalmente Sustentáveis;  Fórum Permanente de Discussão dos Problemas Sócio ambientais; Fortalecimento da Agricultura Orgânica; Artesanato e Resgate Cultural; Desenvolvimento do Turismo Sustentável; Pesca Artesanal e Divulgação.

 

Parcerias: IBAMA, Universidade do Sul Catarinense – UNISUL; Associação de Pescadores do Rio Ratones; Associação de Agricultores Orgânicos de Ratones e Associação de Moradores de Sambaqui, Ministério do Meio Ambiente – Fundo Nacional do Meio Ambiente.

Plano de Manejo da Estação Ecológica de Carijós.

 

Data/Período: março de 2001 a fevereiro de 2003

 

Principais Resultados: Elaboração do Plano de Manejo da Estação Ecológica de Carijós, aprovado e publicado em portaria do IBAMA em setembro de 2003, contemplando todos os programas de manejo previstos pela DIREC-IBAMA/DF, com a descrição técnica e orçamentária detalhada para cinco anos de atividades para implementação da unidade. As atividades foram planejadas de forma participativa com o IBAMA e a comunidade do entorno.

 

Parcerias: IBAMA.

Parcerias na execução do Projeto “Conhecimento e Gerenciamento da Microbacia do Rio Ratones e seu Manguezal” desenvolvido pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) através do Núcleo de Estudos do Mar (NEMAR).

 

Data/Período: 2000

 

Principais Resultados: Desenvolvimento de atividades de capacitação de professores e líderes comunitários para o monitoramento da qualidade dos rios da bacia hidrográfica do Rio Ratones.

 

Parcerias: IBAMA e Universidade Federal de Santa Catarina.

Programa de Orientação e Educação Ambiental da Estação Ecológica de Carijós.

 

Data/Período: janeiro a outubro de 2001

 

Principais Resultados: Projeto de Monitoramento Ambiental Voluntário desenvolvido com 5 escolas e 3 organizações comunitárias; realização do Diagnóstico Rápido Participativo do Entorno da ESEC Carijós com as comunidades; atendimento ao público através de palestras e saídas de campo com escolas  e universidades e início do Programa Amigos mirins de Carijós.

 

Parcerias: IBAMA, UFSC e Escola Básica Municipal Mãncio Costa.

Plano de Consolidação da Estação Ecológica de Carijós.

 

Data/Período: março a junho de 2000

 

Principais Resultados: Divulgação da UC e compromisso simbólico de doação de instituição privada para financiamento de pessoal para elaboração do Plano de Manejo.

 

Parcerias: IBAMA e Grupo Habitasul.

Campanha Pró-Implantação da Estação Ecológica de Carijós

 

Data/Período: julho de 1999

 

Principais Resultados: Divulgação da UC e compromisso simbólico de doação de instituição privada para financiamento de pessoal para elaboração do Plano de Manejo.

 

Parcerias: IBAMA e grupo Habitasul.