O Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS), localizado no Parque Estadual do Rio Vermelho, é a única unidade de Santa Catarina responsável pela recepção, marcação, triagem, avaliação, recuperação, reabilitação e destinação de animais silvestres terrestres oriundos de ações fiscalizatórias, resgates ou entregas espontâneas de particulares.  

Embora se reconheça sua importância, muitos CETAS no Brasil enfrentam condições precárias de funcionamento e exige medidas urgente. As limitações na capacidade técnica, na integração de órgãos competentes, de recursos financeiros e de estruturas adequadas podem comprometer esforços de conservação de espécies, assim como o bem-estar animal e humano. Para que o CETAS de Santa Catarina cumpra seus papéis é necessário contarem com adequada estrutura organizacional e aprimoramento de seus processos operacionais e técnicos continuamente.

A obrigação de proteger a fauna silvestre não é restrita ao Poder Público. Amplia-se a todo cidadão que, de forma simples ou organizada, cobra do mesmo os seus deveres com relação à fauna e o auxilia nessa missão. O Edital de Chamamento Público 001/2018/IMA proporcionou ao Instituto Espaço Silvestre (IES), organização não-governamental, a oportunidade de se apresentar ao Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA) como parceiro na renovação organizacional, aprimoramento e adequação técnica das atividades do CETAS/TRV. Nossa proposta foi selecionada e em 1/06/2018 assumimos a gestão do CETAS-SC.

Objetivo geral: Garantir o planejamento, a coordenação e a execução qualificada das atividades inerentes à reabilitação e ao tratamento de animais silvestres terrestres no Centro de Triagem e na Trilha do Rio Vermelho (CETAS/TRV), Florianópolis, Brasil.